Quadrinhos e Obama

Em tempos de crise, o herói precisa sair vitorioso. É por isso que a indústria de quadrinhos está se mobilizando para ajudar Barack Obama a ganhar as eleições americanas.

A comunidade virtual foi criada para unir escritores, ilustradores, editores, lojistas, fãs ou qualquer pessoa ligada a quadrinhos que queira ajudar ativamente na eleição de Obama. Para isso faz campanha para que as pessoas não se esqueçam de se registrar para votar, vende canecas, camisetas e adesivos, arrecadando assim doações para a campanha do candidato democrata.

Mike Mignola, a criador de Hellboy, fez a ilustração ai ao lado, exclusiva, para ser leiloada no eBay. O lance inicial era de 50 dólares, mas já passou de mil doletas. Afinal de contas, levando em consideração que Obama está se encaminhando para a vitória em um dos mais importantes momentos da polí­tica recente dos EUA, ter esse original emoldurado na sua parede é, além de übbercool, histórico.

Eric Powell, criador de The Goon, deu uma entrevista para a Newsarama sobre sua participação nesta iniciativa:

    “Eu criei uns quadrinhos que surgiram da minha frustração com o discurso de extrema direita que parecia estar fugindo de controle. As pessoas que acompanham meu trabalho vão saber qual foi. Além disso, eu tento manter a polí­tica fora dos meus quadrinhos. Como eu disse, cada macaco no seu galho. Todos tem direito ao seu ponto de vista, e se mais pessoas respeitassem isso, estarí­amos bem melhor. Porém, quando nosso paí­s está sendo levado ao chão e meus filhos tem que herdar essa droga que eu vejo pela janela, como cidadãos é nossa responsabilidade cuodar do nosso paí­s e está na hora de levantar nossos rabos e fazer a mudança acontecer.

    (…)

    Eu me importo o suficiente com isso para vocalizar minha opinião publicamente. Isso é bem importante pra mim. Temos que acertar dessa vez. COmo eu disse, o Tennessee é um estado republicano, mas estou fazendo o que posso para convencer os amigos a tomarem uma atitude e tornar as coisas competitivas por aqui.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *